Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

Estudo Especial

Análise do Mapa Assistencial: panorama da odontologia suplementar no período da pandemia de Covid-19

Novembro 2021

Em 2020, os países do mundo inteiro enfrentaram o desafio de lidar com a pan­demia de uma doença infecciosa causada pelo vírus SARS-CoV-2, o coronavírus (ou Covid-19). Isso fez muitas pessoas adiarem idas aos dentistas, procedimentos eletivos e a priorizarem casos graves de urgência e emergência.

Mesmo assim, os planos privados de assistência à saúde contabilizaram 154 mi­lhões de procedimentos odontológicos em 2020. Em comparação com o ano ante­rior (período pré-pandemia), houve queda de 16%.

Análise mostra impactos da Covid-19 entre os beneficiários

Novembro 2021
Salvar aos favoritos Compartilhar

As consequências causadas pela pandemia de Covid-19 no sistema de saúde do Brasil ficaram evidentes ao longo dos últimos meses. Os beneficiários de planos médico-hospitalares também foram afetados pela doença devido a sua gravidade e fácil transmissão. Para analisar como o problema atingiu essa parcela da população, o IESS produziu o “Texto para Discussão n° 83 – Mapeamento da situação de saúde dos beneficiários de planos de assistência médica no Brasil: microdados da PNAD Covid-19 de novembro de 2020”.

Os dados mostram que, em novembro de 2020, 58 milhões de brasileiros (ou 27% da população) tinham um plano de saúde de assistência médica, seja particular, de empresa ou órgão público. Entre essa parcela da população, 317 mil afirmaram ter tido um ou mais sintomas de gripe que podia estar associado à Covid-19. O sinal mais frequente relatado pelos beneficiários foi “perda de cheiro ou sabor”, atingindo 256 mil indivíduos. Tosse, febre e dificuldade para respirar afetou 108 mil pessoas.

Desde o início da pandemia, as autoridades sanitárias alertaram que os grupos que corriam maior risco de evoluir para casos graves da doença eram idosos e pessoas com comorbidades. Em novembro de 2020, do total de beneficiários de planos de saúde, 10 milhões (17%) tinham mais de 60 anos e 15 milhões (26%) eram diagnosticados com alguma comorbidade. Os principais fatores de risco eram:

  • Hipertensão: 14,3%
  • Diabetes: 5,8%
  • Doenças respiratórias: 6,8%
  • Doenças do coração: 3,1%
  • Câncer: 1,6%

A análise do IESS averiguou também que a proporção de doenças crônicas e fatores de risco foram mais altas entre os beneficiários do que entre os não beneficiários de planos de saúde. Para ter acesso a todos os dados do TD 83, clique aqui.
 

Estudo Especial novembro azul câncer de próstata

Falando sobre: Novembro Azul e o câncer de próstata em beneficiários de planos privados de saúde

Outubro 2021

No Brasil, o mês de novembro foi instituído simbolicamente para a campanha do “Novembro Azul” a fim de tornar os homens mais conscientes, alertá-los dos cuidados que devem ter com a saúde e sensibilizar a sociedade sobre os sinais e sintomas do câncer de próstata.

Autor: Bruno Minami
Superintendente Executivo: José Cechin

Estudo Especial

Análise especial do mapa assistencial da Saúde Suplementar no Brasil entre 2015 e 2020

Outubro 2021

ANÁLISE ESPECIAL DO MAPA ASSISTENCIAL DA SAÚDE SUPLEMENTAR NO BRASIL
ENTRE 2015 E 2020


AUTOR NATALIA LARA
SUPERINTENDENTE EXECUTIVO JOSÉ CECHIN

O ano de 2020 foi atípico, tanto na área da saúde, como economicamente/socialmente em todo o mundo devido ao isolamento social justificado pelo vírus do COVID-19. Neste relatório iremos destacar, também, variações no atendimento médico-hospitalar durante 2019 e 2020.

Estudo Especial Saúde da Mulher

Análise da Assistência à Saúde da Mulher na Saúde Suplementar Brasileira entre 2015 e 2020

Outubro 2021

Análise da Assistência à Saúde da Mulher na Saúde Suplementar Brasileira entre 2015 e 2020

 

Esta análise acompanhou os procedimentos de assistência à saúde realizados pelas mulheres da Saúde Suplementar brasileira entre 2015 e 2020. A análise foi realizada em dois blocos 2015 a 2019 e 2019 e 2020. A opção por esta análise se dá devido à atipicidade de 2020 em decorrência da COVID-19.

O destaque do sumário executivo será para os anos de 2019 e 2020, período da pandemia. No relatório será analisado o período 2015 a 2019.

Autora: Natalia Lara

Superintendente executivo: José Cechin

Estudo Especial cartilha

Cartilha de Práticas Sustentáveis em Planos de Saúde

Setembro 2021

O Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS) apresenta um manual simples para a fácil compreensão do público com o objetivo de trazer esclarecimentos sobre como manter práticas sustentáveis na utilização dos planos de saúde. Antes de tratar do assunto propriamente dito será apresentado o porquê da necessidade de ter práticas sustentáveis na utilização de planos de saúde, o que isso gera de benefícios aos beneficiários e ao sistema de saúde suplementar.

Estaremos no Qualihosp 2021

Abril 2021
Salvar aos favoritos Compartilhar

Com 20 anos de história, o QualiHosp é um evento promovido pelo FGVsaúde – Centro de Estudos em Planejamento e Gestão de Saúde da FGV EAESP com o objetivo de contribuir para o debate, intercâmbio de experiências e divulgação da produção técnica e científica ligada ao tema de saúde.

É por isso que, para nós, é uma enorme honra participar mais um ano desse importante encontro do setor com mais de duas décadas de existência. Neste período e contexto totalmente atípicos, o evento será totalmente gratuito, online e aberto ao público geral entre os dias 27 e 30 deste mês.

O evento tem como público-alvo pesquisadores e profissionais que atuam na área da saúde com interesse em qualidade e gestão de serviços e sistemas. Em todos os eventos são convidados palestrantes internacionais com o objetivo de ampliar as discussões e provocar um amplo debate sobre o tema.

E neste ano participaremos com três pôsteres especiais de diferentes estudos:

      Você pode acessar os estudos completos nos links e ainda participar do evento gratuitamente. Veja aqui a programação e inscreva-se.

Com o tema “Cuidado ao Longo da Vida: Coordenação e Continuidade”, o Qualihosp 2021 irá discutir os caminhos trilhados por sistemas e organizações de saúde, públicos e privados, em busca de maior qualidade no cuidado dos usuários dos serviços de saúde ao longo da vida.

As experiências de diferentes participantes serão compartilhadas por meio de webinars e pôsteres. Participe desse importante espaço de troca de experiências e reflexões.

 

 

Estudo Especial

Experiências internacionais em avaliação de tecnologias em saúde: implicações para o Brasil

Abril 2021

A publicação apresenta um histórico do tema, experiências nacionais e estrangeiras, o funcionamento da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (Conitec), do Comitê Permanente de Regulação da Atenção à Saúde (COSAÚDE), os desafios para a saúde suplementar brasileira e outros aspectos.

Estudo Especial

Gestão da atenção primária na Saúde Suplementar Brasileira

Março 2021

Encomendamos um relatório exclusivo ao Centro de Estudos e Planejamento em Gestão de Saúde da Fundação Getulio Vargas (FGVsaúde) sobre a gestão da atenção primária na saúde suplementar brasileira. A modalidade ainda encontra desafios culturais, operacionais e de engajamento para ganhar escala no sistema privado, mas o uso de tecnologia, incentivos e educação podem aumentar escala dos programas.

Estudo Especial

Painel da odontologia suplementar entre 2014 e 2019

Fevereiro 2021

Painel da odontologia suplementar entre 2014 e 2019

Autor: Bruno Minami
Superintendente executivo: José Cechin

Em 2019 foram realizados 183 milhões de procedimentos odontológicos, ultrapassando a marca de R$ 3 bilhões com despesas assistenciais. No período, o setor passou a contar com mais de 25 milhões de beneficiários. Entre 2014 a 2019, as ações preventivas foram as que apresentaram o maior crescimento: passaram de 47,2 milhões (32,9% do total) em 2014 para 80,8 milhões (44,2% do total) em 2019.